Originais do JOF também foram perdidos no incêndio

oiticica1José Oiticia Filho, o JOF, foi um fotógrafo inovador em seu tempo. Contemporâneo de Geraldo de Barros no auge do movimento fotoclubista na década de sessenta. Referência para muitos, inclusive para seu filho Hélio, deixou um legado de criatividade e experimentalismo. Ousou tanto que foi expulso de fotoclubes por não considerarem alguns de seus fotogramas pertencentes ao universo da fotografia. Rompeu fronteiras. Seus negativos se foram no incêndio, ocorrido no último 16 de outubro, que também nos levou noventa por cento da produção do artista plástico Hélio Oiticica. Aqui a AFOTO presta uma homenagem a JOF, por sua experimentação, pionerismo, mas principalmente por ser uma fonte de inspiração até hoje.

oiticica2

Uma resposta to “Originais do JOF também foram perdidos no incêndio”

  1. Este foi o primeiro cara que me disse, através de seu trabalho, que fotografia é interpretação e que podemos criar negando a realidade.
    JOF é meu ídolo!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: